quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Cancun Para Todos


- Destino - Então a família fez as malas mais uma vez. A tarefa não era das mais simples: encontrar um destino para todos: bebê, criança, babá, jovens, adultos, avó. Assim Cancun cruzou nosso caminho pela segunda vez(já tinha ido há anos quando ainda namorava o pai das crianças) e lá fomos nós.


- Avião - A primeira parte da viagem foi "com emoção". A American Airlines cancelou o voo de ida quando estavamos prestes a embarcar. Voltamos pra casa tensos, exaustos, frustrados. Acontece, infelizmente. Na noite seguinte, ufa,  deu tudo certo e cumprimos o trajeto Rio-Miami sem maiores percalços. Em Miami trocamos de aeronave para que uma hora e meia depois nossas férias finalmente começarem.


- Impressões - Sempre que vou ao Caribe, em especial a costa mexicana, é meio chocante, preciso confessar. Custo um pouco a acreditar que seja possível existir um mar com tantos tons de azul. Assim, como um passe de mágica, a simples visão da praia em frente ao nosso hotel logo deixa pra trás o stress da viagem de ida.






- Turismo no México - Excelente estrutura e organização(chega até a dar uma pontinha de inveja). Um povo simpático, alegre, que adora receber. Mas é preciso avisar que não adianta muita pressa nos serviços. O clima é no-stress total. Relax. Pra completar(oba!), com o cambio atual, os preços são super justos(com raríssimas exceções). Hotéis com melhor custo-benefício das viagens recentes da família.


- Frequência - Apesar do visual paradísiaco, Cancun está longe de ser apenas sinonimo de paz e tranquilidade. Especialmente se a data da sua viagem coincidir com o Spring Break, pausa das aulas nos Estados Unidos. Neste período jovens estudantes costumam invadir o lugar atrás de muuuuita diversão day and night. Em Janeiro, alta temporada no México, a frequencia estava tranquila, com turistas de todas as idades, vindos de todos os cantos. Hotéis, restaurantes e atrações cheios mas longe de estarem lotados.


- Clima - Nesta época varia bastante. Em um só dia podemos passar por várias estações. A boa notícia é que, se amanhecer com chuva, em questão de minutos o céu pode se abrir.  Na maior parte do tempo em que estivemos lá o clima era agradável, apesar de um ventinho constante, às vezes cansativo. Mas nada que prejudicasse a praia ou os passeios.


- Hotel - Seguimos a indicação de uma sobrinha que se hospedou recentemente no Gran Melia Cancun e não nos arrependemos. Enorme, com uma mega-estrutura, muitos restaurantes, várias piscinas para a criançada. Quarto excelente e confortável. Se a viagem fosse a dois, existem com certeza opções mais charmosas e aconchegantes, mas para nosso grupo caiu como uma luva. O único defeito era ser grande demais. Chegou no lobby, lembrou que esqueceu algo importante no quarto? Danou-se. Esteja preparada para longas caminhadas.


- Noite- Poucas vezes na vida vi uma "night" tão animada como a de Cancun. Mesmo que o propósito da viagem não seja este, vale a pena dar umas bandas pelas diversas casas noturnas da Kukulcan, avenida principal da cidade. Conseguimos escapar para conhecer a Coco Bongo, sem sombra de dúvida uma das melhores boates em que já estive. Impossível ficar parada com a maravilhosa seleção musical do DJ(que toca em boa parte da noite apenas os refrões dos grandes sucessos de várias épocas) e as projeções de clipes no telão, onde até Michel Teló deu pinta. Segundo o canal CNN, no Coco Bongo "Las Vegas encontra a Broadway". As apresentações cover de astros do rock e do Pop podem não ter a mesma produção, mas com certeza não deixam a desejar em nada na comparação, ao menos no quesito animação. Já o Señor Frogs é um restaurante-bar onde até certa hora é permitida a entrada de crianças. Comida boa e ambiente mais "família" apesar da música alguns decibéis acima do aceitável para uma refeição.


- Passeios - Mesmo com tantas opções noturnas, o melhor de Cancun, ao menos para quem visita o lugar com crianças, pode ser visto a luz do dia. Difícil escolher entre tantos passeios. Vamos aos destaques:


- Xel-Ha - Este aquário natural gigante foi sem dúvida um dos melhores programas da viagem, para quem quer mergulhar sem fazer curso ou correr maiores riscos. Fica a mais ou menos uma hora de carro de Cancun(a estrada é ótima). O ingresso inclui um dia inteiro dentro do parque, refeição, bebidas, toalhas e aluguel de equipamento para snorkel, além de bóias, etc. Não levamos o José Francisco, mas acho que até ele ia curtir as praias e a tranquilidade do lugar. Já o João se acabou no mergulho. Como não é mar aberto e as crianças usam coletes salva-vidas, eles ficam com uma certa autonomia para observar as mais de noventa espécies marinhas que passeiam por ali. São milhares de peixinhos coloridos, no melhor estilo "Procurando Nemo", passando diante dos nossos olhos. Um barato!
 http://www.xelha.com/


- X-Caret - Uma mistura de parque arqueologico e temático. Tiro certo para agradar a todos os gostos e idades, com shows mostrando a história do México, desde o período pré-hispanico até os dias de hoje. Além das apresentações(tem uma imperdível do que teria sido uma das primeiras partidas de futebol da história), a natureza é uma espetacular atração a parte: rios subterraneos, lagoa com exemplares de peixe-boi, viveiros de borboletas, praias transparentes e piscinas naturais... Muito bacana. Uma delícia de programa para um dia inteiro com toda a família.  http://www.xcaret.com/




- Nado com golfinhos - Eles, claro, estão para Cancun assim como Mickey para Orlando. E é quase impossível abrir mão deste programa caro porém inesquecível - especialmente para as crianças. Desta vez demos alguma sorte: alugamos dois carros na Hertz e ganhamos dois vouchers para agendarmos a atividade na empresa Delphinus. A Delphinus tem diversas filiais em Cancun. Marcamos na mais próxima do nosso hotel, meio desconfiados com a "gratuidade" do programa. O esquema é super organizado e o nado com os golfinhos realmente incrível. As crianças podem toca-los, pegar carona nas barbatanas, vê-los girar e saltar. Saem da água empolgadíssimas, emocionadas e, óbvio, querendo guardar cada imagem que resgistre o momento único. Aí vem a facada: U$ 132 por um CD lotado das tais lembranças. E realmente é difícil resistir as fotos feitas por profissionais, do melhor angulo, estilo "capa de revista". Ao menos o resto foi de graça. Os preços variam em torno de U$70 e dependendo do programa podem chegar a até U$400.  http://www.delphinusworld.com/





- Chichen Itza - Eleita recentemente uma das Novas Sete Maravilhas do Mundo, a cidade que funcionou como importante centro político e econômico da civilização maia merece muito um dia de visita. O percurso é um pouco cansativo: duas horas e meia, cerca de 205 quilometros separam Cancun do sitio arqueologico, no estado de Yucatan. Achamos que seria puxado para o bravo mascote da família, José Francisco. João foi então com o pai e a irmã mais velha,Vitória. Eles foram de carro, mas existem diversos tours guiados que incluem transporte, refeicoes e ingressos. Neste caso é uma opção a ser levada em conta. Turismo em grupo às vezes pode ser meio chato, mas em Chichen Itza, não existe quase nenhuma informação disponível. Só pesquisando antes ou contratando um guia local. Lembro que há mais de dez anos optamos pelo tour que saía do hotel e não nos arrependemos(mesmo com o roteiro cheio de longas paradas para compras). Desta vez o Décio precisou puxar pela memória mas acabou dando certo:  João voltou fascinado com o mistério do homem barbado em uma das pedras da piramide de Kulkucan, o mais grandioso templo maia.  Bater palmas em frente a piramide para ouvir a resposta em som de pássaro também deu ibope com o pequeno aventureiro. Maiores informações: http://www.chichenitza.com/




- Tulum - As ruínas de uma cidade que nasceu a partir de um porto podem não ser tão espetaculares como Chichen Itza, mas o que torna Tulum especial é a situação geográfica. A cerca de 130 quilometros de Cancun, ainda na Riviera Maia, este conjunto de templos e palácios foi construído sobre um penhasco a 13 metros de uma praia de tirar o fôlego. O visual é deslumbrante, as deliciosas praias próximas ao sitio são excelentes, logo  vale levar trajes de banho. http://tulum.com/


- O que faltou fazer - Como nós perdemos um dia na confusão aérea, tivemos que ser muito objetivos e não fizemos tudo que gostaríamos. Desta vez não fomos a Cozumel e Isla Mujeres, lugares onde estivemos em outros anos,  que reservam cenários e mergulhos espetaculares. Também não conhecemos o Xplor, um parque mais "radical", com muitas trilhas a serem percorridas em carros anfibios, passeios subterraneos ou em balsas pelas carvernas, tirolezas que atravessam a selva, entre outras aventuras. João teria adorado com toda certeza. Fica pra próxima. Até lá, quem sabe, o José já vai poder curtir ainda mais com o irmão as atrações sem fim da Riviera Maia. http://www.xplor.travel/ 

























18 comentários:

  1. Que lindas suas fotos!
    Amei como postou as dicas, bem objetiva, sem lenga lenga... muito prática!
    Eliane do
    http://elianenogueira.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi Eliane, muito obrigada pelos elogios. Espero que as dicas tenham ajudado. Volte sempre que quiser! beijo, Luisa

    ResponderExcluir
  3. Olá Eliane, bom estou pensando em ir para cancún em março do ano que vem, uma viagem de lua de mel, queria saber quanto deveria levar para gastar lá, queria saber se precisa ter carteira internacional para dirigir lá e você acha que Cancún é um lugar bom para uma lua de mel???? Tenho muitas dúvidas mas você me respondendo essas ai já me ajudaria bastante!!!

    Parabéns pelo Blog muito bom!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho Cancun excelente para vários tipos de viagem. Lua de Mel sem dúvida é um deles. Fui quando namorava meu marido e foi maravilhoso. Acho que vocês não vão se arrepender! beijos, Luisa

      Excluir
    2. Fui pra cancun com meu marido gravida de 3 meses e amei!! Quero voltar com o filhote agora!

      Excluir
  4. Oi vc e muito simpatica no seu blog, diferente do ricardo do viaje na viagem q e um grosso kkkkk. Estou querendo ir a cancum em julho. Tenho uma filha de 10 anos e um menino de 3. Estou na duvida de qual hotel escolher. Li q tem hoteis em lugares de praia calma, brava e afins. Teria como vc me indicar os hoteis 5 estrelas de cada km.????? Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha, obrigada pelo elogio! :-) Fiquei no Gran Melia, que é excelente. Mas todos os hoteis lá sao altissimo nivel, e com preços justissimos para a categoria 5 estrelas... O Fiesta Americana Cancun, é menor, mas fica em frente a uma praia exclusiva, super calminha. Otimo para crianças. A praia do Gran Melia é linda, mas com ondas.Neste mesma praia existem varios outros hoteis, todos de altissimo nivel. Mas na praia calma o unico que conheço e recomendaria é o Fiesta Americana Cancun mesmo. beijos, Luisa

      Excluir
  5. Olá Eliane, achei muito interessante o seu blog!! Estamos (eu e meu marido) com viagem marcada para cancun (19.5.12) e ficaremos por 8 dias. Além de aproveitar as belezas naturais, gostaríamos de saber se vale a pena fazer umas comprinhas por lá, principalmente no que se refere a roupas de bebê, uma vez que logo, logo, está chegando um baby na nossa família. Obrigada e mais uma vez, parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Adriana... Desculpas a demora na resposta... Acho que nem vai dar mais tempo. :-(. De qualquer forma, não sei se recomendaria Cancun para compras... Tem um shopping simpático para passeios, mas sem muitas opções, principalmente no quesito enxoval de bebês. beijo, Luisa

      Excluir
  6. Oi Eliane, seu blog é muito legal. Tenho um menino de 3 anos e nosso proximo destino será Cancun. Por favor, vc poderia comentar um pouco sobre a parte de alimentação ? Meu filho é complicado e gosta de arroz e feijão. Tem algo parecido por la nesses hoteis 5 estrelas ? Obrigada. Fabiola

    ResponderExcluir
  7. Oi, gostaria de saber sobre o clima em janeiro, se a água fixcca fria a ponto de atrapalhar o passeio.
    Obrigada. Roberta

    ResponderExcluir
  8. Adorei o blog!
    Uma criança acima e 3 anos pode participar de todas as atrações diurnas? Exemplo: nadar com golfinhos e peixes-bois / arraias?
    Grata!

    ResponderExcluir
  9. Olá, estou indo para Cancun semana que vem e estou pensando em alugar um carro, pois viajo com minha filha de 1 ano e preciso de flexibilidade nos horários dos parques. Alguns blogs nao recomendam, gostaria de saber sua opinião.
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  10. Olá, estou pensando em ir a Cancun com meu marido e meu filho de 1 ano e meio...como você fez com a comida para as crianças? Porque passei minha lua de mel lá e achei tudo muito apimentado e condimentado....Obrigada.

    ResponderExcluir
  11. Olá, vc sabe me dizer se lá encontro bons lugares para fazer enxoval de gestante??? Obrigada

    ResponderExcluir
  12. Muito Bom , ótimas dicas!!!

    ResponderExcluir
  13. Adorei as dicas é a 1a vez que leio o blog e gostei muito... queria saber de vcs que pelo visto tem mta experiência se vcs viajariam para fora com um bebe de 4meses, se sim quais lugares vc sugeririam??? Faz mais de dois ano que não tiro férias, agora meu bebe vai nascer e quero mto tirar uns dias e viajar... nos meus calculas ela estará com 4 meses, e será janeiro!
    Fico no aguardo das dicas :)
    Andressa

    ResponderExcluir
  14. Estou adorando o blog...super gostoso de ler e encorajador tb!!rsrsrs....
    ainda nao viajei com o meu pequeno, que esta com 1 ano e 8 meses mas estamos organizando as proximas ferias....
    uma perguntinha...como vcs fazem com as fraldas? levam do Brasil ou arriscam comprar as fraldas locais???
    vou continuar lendo e me inspirando...
    bjos pra vcs!

    ResponderExcluir